Pontos de Exú (Marabô)

Salve seu Marabô.
Marabô é rei,
lá na kalunga, Marabô é rei.
No terreiro e na encruza, Marabô é rei,
la na kalunga Marabô é rei.
No terreiro e na encruza.

A minha vida estava no fim, seu marabô, olhou por mim.
Com sua capa ele me cobriu, e todo o mal destruiu.

Marabô é rei.
lá na kalunga, Marabô é rei.
No terreiro e na encruza, Marabô é rei,
la na kalunga, Marabô é rei.
No terreiro e na encruza.
Bendito seja, esse Exú trabalhador,
bendito seja, esse Exú quem me salvou.
Por isso digo e repito, seu Marabô é meu amigo.
Por isso digo e repito, seu Marabô é meu amigo.
Larroiê é mojubá.

Leia Mais

Pontos de Exú (João Caveira)

Seu João caveira, venha ver o que aconteceu,
no portão do cemitério, sua coral morreu.
Seu João caveira, venha ver o que aconteceu,
no portão do cemitério, sua coral morreu.

Ele jurou e tornou a jurar, em matar o feiticeiro,
que matou sua coral.
Ele jurou e tornou a jurar, em matar o feiticeiro,
que matou sua coral.

Unha grande braço forte,
seu João caveira, vem trazendo a sorte.
Unha grande braço forte,
seu João caveira, vem trazendo a sorte.

Portão de ferro, cadeado de madeira.
Portão de ferro, cadeado de madeira.
Quem manda no cemitério, é seu João caveira.
Quem manda no cemitério, é seu João caveira.

Laroiê é Mojubá.

Leia Mais

Pontos de Exú (Tiriri)

Exú tiriri.
Trabalhador da encruzilhada.
Risca ponto e presta conta,
ao romper da madrugada.

Exú Tiriri.
trabalhador da encruzilhada.
Risca ponto e presta conta,
ao romper da madrugada.

Todo o mal que aqui entrou.
Ele entrou e vai sair.
Todo o mal que aqui entrou.
Ele entrou e vai sair.

Pega ele pelo rabo, e entrega ao Tiriri.
pega ele pelo rabo, e entrega ao Tiriri.

Laroiê é Mojubá.

Leia Mais